Que Futuro?

Visão Optimista (Ray Kurzweil, etc)

2020

  • Computador vulgar: equivalente ao cérebro humano;
  • Computadores serão omnipresentes e "invisíveis";
  • Interfaces 3D e interacção gestual/linguagem natural;
  • Ambientes e relacionamentos "virtuais" realistas;

2030

  • Computador vulgar: equivalente a 1000 cérebros humanos;
  • Ligações neurais de alto débito ao cérebro;
  • Implantes neurais para "melhorar" capacidades;
  • Máquinas adquirem consciência de si e do Mundo;

2100

  • Fusão do pensamento Homem/Computador;
  • Desaparecimento da distinção Homem/Computador;
  • Entidades conscientes sem existência física;
  • "Humanos" baseados em software excedem os outros;
  • Desaparece a noção de esperança de vida.

 

Visão Pessimista (Bill Joy, etc)

Computadores "pensantes" serão possíveis:

  • Cenário 1: os Computadores comandam;
  • Cenário 2: elites humanas comandam com a ajuda dos computadores, os restantes são "animais domésticos";

História da Evolução das Espécies:

  • Tudo indica que a Natureza não favorece espécies;
  • Uma espécie inferior não sobrevive a uma superior (se construírmos computadores "pensantes" melhores do que nós, é altamente provável que esse padrão se repita);
  • Genética, nanotecnologia e robótica: perigo cada vez maior de auto-destruição.