A Apple e a sua Popularização

 

 

O Apple II foi lançado em 1977 com teclado integrado, gráficos coloridos, sons e torre de plástico

 

    Em 1976, outra dupla de jovens, Steve Jobs e Steve Wozniak, iniciou outra empresa que mudaria o rumo da informática: a Apple.

Steve Jobs e Steve Wozniak (respectivamente)

    Jobs e Wozniak abandonaram a Universidade de Berkeley para se poderem dedicar ao projecto de computador pessoal criado por Wozniak, o Apple I. Como Wozniak trabalhava para a HP, o seu projecto precisava ser apresentado para a empresa que recusou de imediato a ideia. Isso abriu o caminho para a criação da Apple, empresa fundada pelos dois que comercializaria os computadores. Montados na garagem de Jobs, os 200 primeiros computadores foram vendidos nas lojas da vizinhança a 500 US$ (cerca de 393 euros) cada.

Sede e Logótipo da Apple

    Alguns meses depois, já em 1977, foi lançado o primeiro microcomputador como conhecemos hoje, o Apple II. O equipamento já vinha montado, com teclado integrado e era capaz de gerar gráficos coloridos. As vendas chegaram a US$ 2,5 milhões no primeiro ano de comercialização e, com o seu rápido crescimento de vendas, a Apple tornou-se uma empresa pública e construiu a sua sede principal - Infinite Loop - em Cupertino, Califórnia.

    Com o sucesso do Apple II, vieram o Visicalc (a primeira folha de cálculo electrónica inventada), processadores de texto e programas de base de dados. Os microcomputadores já podiam substituir os fluxos de caixa feitos com cadernos e calculadoras, máquinas de escrever e os arquivos de metal usados para guardar milhares de documentos. Os computadores domésticos deixaram então de ser apenas um hobby de adolescentes para se tornarem ferramentas indispensáveis para muitas pessoas.

    Entretanto, até o começo dos anos 80, muitos executivos ainda encaravam os computadores pessoais como brinquedos. Além das mudanças de hábitos necessárias para aproveitar a nova tecnologia, os mais conservadores tinham medo de comprar produtos de empresas dirigidas por um rapaz de 26 anos que há menos de 5 trabalhava na garagem dos pais.